Hidrogel, técnica de irrigação que retém a água no solo.

(*) Alexandre Vendemiatti

Hidrogel ou gelatina têm o mesmo significado porém finalidades e fórmulas diferentes. A consistência e a aparência são a mesmas e tanto um quanto outro dão à água a condição de ficar rígida, ou menos líquida. É uma tecnologia que mantém a água em um formato geométrico assimétrico, por mais tempo resistente à evaporação.

A gelatina é usada na alimentação e o hidrogel possui várias aplicações inclusive a medicinal e estética. Será abordado aqui apenas a utilização em cultivos de vegetais. 

Hidrogel é um condicionador de solo formado por copolímero de acrilamida e acrilato de potássio. Ao ser imerso em água fica de 200 a 400 vezes mais pesado e aumenta em até 100 vezes seu tamanho original. É um reservatório fantástico, uma caixa d’água pronta para ser absorvida pela planta. 

Deve ser empregado direto no solo no momento do transplante, seja no fundo da cova ou embebendo as raízes da muda. A absorção é radicular. Importante lembrar de que o hidrogel não deve ser misturado ao adubo químico. Pode ser misturado ao esterco bovino ou equino e até mesmo com o solo ou substrato, mas primeiro é necessário hidratá-lo.

Utilizado corretamente, o hidrogel tem uma duração de 6 meses a 3 anos. É importante não deixar que resseque, nesse caso a molécula irá se degradar e perder a capacidade de reter a água. É excelente opção para o início do transplante, quando a muda está muito fragilizada e não existe outra forma de irrigar. É boa alternativa para pessoas que viajam constantemente e não tem alguém para fazer a irrigação.

Se você tem como irrigar suas plantas, não irá necessitar do hidrogel, mas não se esqueça: "vendedores querem vender". Quando percebem que a pessoa é leiga, falam de tudo e deixam o comprador encantado com a proposta da eficiência do produto. Por outro lado, o vendedor na maioria das vezes é leigo e não conhece a fundo o que oferece ao cliente. Ele é instruído a falar com a finalidade de consumar a venda. Como sempre é um caso a se pensar, inclusive no custo-benefício. 

Essa técnica é indicada no agrocomércio em culturas perenes como seringueira, eucalipto, frutíferas etc., especialmente se o solo for arenoso. Tem limitação para uso doméstico e o preço é sempre o triplo, pois existe ainda o apelo mercadológico que valoriza o produto às custas da embalagem e da compra por impulso. 

O hidrogel é um dos assuntos do curso de Irrigação e Drenagem no Cultivo Doméstico, oferecido pela Plantar Sempre. São discutidos e mostrados na prática os conceitos e técnicas para o público leigo. 

(*) Especialista em Fisiologia Vegetal (USP/ESALQ), proprietário da empresa Plantar Sempre